a inspiração

Entrei numa Maria Fumaça, e qual não foi minha surpresa quando, ao contrário de me
levar para o passado e para a nostalgia, ela me levou para frente. Ela abriu horizontes ao
meu redor. Ressignificou o futuro. Onde fica o passado? O passado fica à nossa frente. O passado plasma, esculpe o futuro, aqui e agora. A saudade que temos de valores e
comportamentos que estão 'se perdendo’, na verdade é saudade do futuro. De um futuro
onde possamos recuperar o que de melhor cada um desses valores e comportamentos
tem e aprender com isso, e reinventar nossas vidas e nossas relações uns com os outros, honrando o que veio de quem viveu antes de nós.
 
Honrar o passado, é encher os pulmões de entusiasmo; e povoar a mente de imaginações corajosas e inovadoras acerca da felicidade humana e da relação desta felicidade com o ambiente natural. Honrar o passado é trabalhar para entregar às próximas gerações uma sociedade mais colaborativa e um ambiente natural recuperado de tantos abusos. Honrar o passado é criar tempo para encontros verdadeiros. Encontros com espaço para que as pessoas contem de si e escutem e acolham as histórias de outros. Encontros, simples encontros!

Num encontro verdadeiro o tempo se liberta do relógio e "esquecemos da hora”. A magia
desses momentos constrói momentos significativos, nos traz qualidade de vida.
Ao redor da mesa, relaxar em família ou entre amigos, fundir passado e futuro.
 
A Maria Fumaça apitou avisando que estávamos chegando. Só aí eu me dei conta de que o tempo, como ele nos é ensinado, não existe mesmo. Havia passado horas nessas
reflexões, sem sentir o tempo passar. Só uma garrafa de Guaraná Friburgo vazia, era testemunha de minha jornada. Obrigado pela companhia Guaraná Friburgo!

Todos os direitos reservados © 2016 Guaraná Friburgo

Desenvolvido por: